Feliz Natal e Próspero Ano Novo

Um Deus que nos ama, que respeita o homem.

                Vivemos tempos que ainda paira no ar a sensação de insegurança e incerteza. Estamos dando passos concretos em busca de uma volta ao normal. E, é um gesto natural nosso de buscar a cada dia, viver esta esperança de uma normalidade. Sonho? Tenho certeza que não. Já vivemos. É claro, ainda com todos os cuidados necessários que se exige.

                Assim vamos vivendo o tempo do Natal. Grande festa cristã. Nascerá para nós o salvador da humanidade. Que não faz distinção entre os homens e mulheres. Quer que todos vivam bem esta vida que é dada por Deus.

                A cada Natal buscamos reviver o nascimento de Jesus. O advento nos conduz, através da liturgia, à uma espera vigilante e ativa, não de quem espera de braços cruzados, mas ouvindo a Palavra e a colocando em prática.

                O Natal é prova que Deus crê em nós. Tanto que se encarna e se faz homem. É um momento de otimismo esperançoso. Sua tenda está armada entre nós. Nunca mais nos deixará. A pergunta é: “e nós o deixaremos na tenda sozinho ou vamos ao seu encontro?”

                Cuidado para não vivermos o Natal da compra e de presentes. Pois muitas vezes compramos alguém com um presente. E não com um abraço caloroso, uma amizade ou um beijo. O valor de um abraço ou um ouvido amigo é incalculável.

                Fazemos de tudo para estar perto de quem amamos, mas na hora de estar fica-se no celular, na TV, numa leitura,…  É ser como Jesus, entregar-se nos gestos simples diários, não naqueles extraordinários.

                Que Deus criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, lhe fortaleça e possa lhe dar os dons necessários para ter um santo e abençoado Natal.