Advento

O Ciclo Natalino

O ciclo Natalino compreende o período que vai desde o Advento até o batismo do Senhor. Neste ciclo celebramos o mistério da encarnação do Senhor.

É um tempo conhecido entre os pagãos para designar a vinda da divindade ao templo, a visita à cidade à ele consagrada. Da mesma forma, com esta palavra também se denominava a vinda de uma autoridade com domínio sobre determinadas regiões. Em síntese, a palavra advento era usada entre os pagãos para o acontecimento destas vindas.

Os cristãos usaram esta mesma palavra para significar a maior vinda, a vinda do Messias, que veio não só para uma cidade ou região, mas para o mundo, para as nações.

O Advento hoje compreende as quatro semanas que antecedem o Natal. São quatro semanas nas quais os cristãos se preparam em clima de oração e confiança para acolher Jesus. Não é, propriamente um tempo de penitência.

Na liturgia é um tempo de profunda reflexão das passagens bíblicas que falam da vinda do Reino de Deus, através do profeta Isaías, de João Batista e de Nossa Senhora. O profeta Isaías anuncia a esperança do povo: a vinda do Salvador. João Batista, o último dos mensageiros a preparar-lhe os caminhos, assume as palavras do profeta Isaías: “preparai os caminhos do Senhor, endireitais suas veredas”. Maria dá o “sim” à encanação do Verbo para que se possa realizar nela a grande esperança do seu povo.

A Coroa do Advento

Iniciamos o Advento com uma coroa de ramos verdes e quatro velas. Esta coroa é feita de ramos de cipreste, pinheirinho ou outro material. O verde representa toda a natureza, à espera no Salvador. As velas, em numero de quatro, representam os quatro domingos do advento. Será acesa sucessivamente uma a cada domingo, significando a espera vigilante na fé. A luz aumenta, na medida em que se aproxima a vinda do Salvador, a grande luz que ilumina todo mundo.

A coroa representa toda a natureza à espera do Senhor. A luz das velas expressa a vinda de Deus na história da humanidade. O Advento quer lembrar-nos de que Jesus continua sendo esperando por todos aqueles aos quais ainda não foi anunciado.

Advento é o tempo de espera do Senhor. Mas não é tempo de acomodação. É tempo de renovar a fé e a vida.

(Siginificado dos Simbolos Cristãos. Urbano Zilles, Edipucrs. 5° edição. 2001).