Missa dos Santos Óleos

Nesta quarta feira, 28 de março de 2018, participam desta celebração Dom Guilherme Werlang, os padres diocesanos, religiosos e religiosas, seminaristas, diáconos e fiéis representando todas as paróquias das diocese de Lages, SC. A missa iniciará às 19h na Catedral Nossa Senhora do Prazeres,Lages, SC.

É interessante que todos os leigos saibam que o óleo abençoado é de oliva misturado com perfume (bálsamo) e consagrado pelo Bispo Diocesano para ser usado nas celebrações do Batismo, Crisma, Unção dos Enfermos e Ordenação.

O ritual a procissão das oito velas no início da missa tem o significado de enaltecer o trabalho de evangelização das  Regiões Pastorais Diocesanas. Para demonstrar a forte união do clero com o laicato tivemos o momento especial em que cada sacerdote coordenador destas regiões, entregou a vela para um leigo que atua nestas comunidades construindo o Reino de Deus.

Qual o significado do óleo?

A palavra “Óleo” é de origem latina, “oleum”, derivada do grego “élaion”, que faz referência ao óleo extraído dos olivais (élaia).

Este tem a finalidade de fazer brilhar o rosto (Sl 103,15) e é símbolo da alegria (Sl 44,8). Ser ungido pelo óleo significa a consagração de um ser a Deus, em vista da realeza, do sacerdócio ou de uma missão profética (Ex 29,7). Mesmo edifícios e objetos podem ser consagrados com a unção do óleo (Gn 28,18). O ungido por excelência é o Messias, o Cristo, que é o Rei, o Sumo Sacerdote e o Profeta. Símbolo da alegria e da beleza, sinal de consagração, o óleo também alivia as dores e fortalece os cristãos, tornando-os mais ágeis e menos vulneráveis.

Quais são os óleos usados na Liturgia?

Óleo dos Catecúmenos

Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, liberta-o e prepara para o renascimento pela água e pelo Espírito.

Óleo do Crisma

Feito de mistura de óleo e bálsamo, significa a plenitude do Espírito Santo. O cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma) quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no sacramento da Ordem, para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos.

Óleo dos Enfermos

Usado na Unção dos enfermos, este óleo significa a força do Espírito de Deus para a pessoa provada pela doença e pelo avanço da idade. Traz fortalecimento da pessoa enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. A Unção dos Enfermos pode propiciar a cura física e espiritual, dá o perdão dos pecados e a conformidade com o desígnio de Deus.